Filme: O Lado Bom da Vida

O-Lado-Bom-da-Vida

Sinopse: Por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros. Fonte: Adoro Cinema

Ficha Técnica
Título Original: Silver Linings Playbook
Gênero: Comédia, Drama, Romance
Ano: 2013
Duração:  112min
Direção: David O. Russell
Distribuidor: Paris Filmes

 

Opinião:

E a primeira coisa que falo nesse post é: que tradução foi essa? O Lado Bom da Vida vs SilverLinings Playbook? Igualzinho não? Bom, só pra deixar registrado a minha indignação com as traduções dos títulos de filmes.

Ao término do filme eu estava vibrando. Sabe aqueles filmes que começam bem desanimadores (não no sentido do filme ser ruim, mas no sentido do personagem estar numa situação ruim, meio pra baixo), ai começam a progredir de uma forma que termina tão bem que até você se sente bem? Pois é, é esse tipo de filme.

cena-do-filme-o-lado-bom-da-vida-indicado-a-8-oscars-incluindo-melhor-filme-melhor-diretor-david-o-russel-melhor-ator-bradley-cooper-melhor-atriz-jennifer-lawrence-melhor-ator-1359668928035_1920x1080

Particularmente achei o começo bem confuso. Se eu não tivesse lido a sinopse não saberia direito o que estava acontecendo. Mas bem no começo mesmo, quando ele acaba de sair da clínica. Você não sabe como ele foi parar lá, não sabe quanto tempo ficou, enfim, não sabe nada sobre ele. OK, eu sei que isso é normal em todo o filme, mas devido a situação inusitada, as loucuras que ele faz e fala, me deixou mais confusa (e curiosa, claro). Depois, com o decorrer do filme você descobre o que o levou a ser internado, qual é o problema dele e tudo mais. Fora isso, não tenho mais nenhum ponto negativo do filme. Foi tudo perfeito. A atuação e química dos dois é ótima do começo ao fim (e isso inclui as brigas). Dá pra sentir que os dois começam a ficar verdadeiramente amigos. Além disso, as piadinhas e as loucuras que eles fazem são divertidíssimas. E o final. O que posso dizer? Sou romântica. Foi um final lindo, apenas. Não foi forçado, não foi desnecessário, foi simplesmente na hora certa e do jeito mais gracioso.

o-lado-bom-da-vida-original

Pra quem gosta de comédias românticas com conteúdo, veracidade e sentimento, essa é uma escolha perfeita. Cheia de sentimento e dificuldades, O Lado Bom da Vida é com certeza contagiante.

O-Lado-bom-da-Vida-Silver-Linings-Playbook-Foto-6

 

 

Nota: star (1)star (1)star (1)star (1)star (1)

Anúncios

11 pensamentos sobre “Filme: O Lado Bom da Vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s